sexta-feira, 7 de março de 2008

NOTÍCIA !!

.
.
Que tal ir ao supermercado e, em vez de sacolas cheias de embalagens geralmente dispensáveis, levar para a casa somente o necessário? É o que a rede Pão de Açúcar está propondo a seus clientes com a criação do Caixa Verde. A idéia é que o consumidor compre, por exemplo, um creme dental e se desfaça da caixinha de papelão antes de sair da loja. O Rio de Janeiro é a primeira cidade a receber a versão final da ação, que tem como objetivo estimular os consumidores a reciclar embalagens.

O Pão de Açúcar, segundo a empresa, é a primeira do varejo carioca a adotar o descarte pré-consumo. As embalagens arrecadadas são encaminhadas a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana), que redistribui o material entre as 30 cooperativas cadastradas. Antes da implantação no Rio de Janeiro, o projeto passou um mês em testes em São Paulo. Nos primeiros trinta dias da ação, foram doadas 1.300 embalagens - cerca de 50 quilos de material reciclável.(Aline Ribeiro)
05/03/2008

Notícia Copiada integralmente do blog Empresa Verde da Cynthia Rosenburg e Aline Ribeiro

6 comentários:

Cristiane Fetter disse...

LOUVÁVEL, INCRÍVEL, APLAUDO, isso tem que ser muito divulgado.
Eu só espero que as pessoas entendam isso, pois acredito que as filas alí demorem mais um pouco (a não ser que coloquem vários caixas assim).

Existe uma luz no fim do túnel.

Beijocas

Geo disse...

Se é de tirar pra jogar fora, então é melhor não ter a embalagem. Já existe plástico bio degradável, que tal exigi-los no mercado? Que tal optar por embalagens econômicas? Pra mim essa solução de caixa verde é paleativo e marketing.

mafalda disse...

Eu acho que é educativo. Mesmo que não seja a solução, mostra prá muita gente que nem cogita em reciclar que o mundo está indo nesta direção e quem não for, fica prá trás...

Osc@r Luiz disse...

Atitude louvável que se me permitir vou postar mais tarde, quando todo mundo já tiver lido por aqui.
Parabéns pela preocupação!
Um beijo!

Ana Cláudia Bessa disse...

Acho que o importante é isso, divulgar a causa porque neste momento é que mais e mais pessoas vejam a necessidade de se fazer uma mudança de hábitos!

E, Oscar, este post não é nosso, eu copiei integralmente do blog Empresa Verde da Cynthia Rosenburg e Aline Ribeiro
http://www.empresaverde.globolog.com.br/#483119

Ombudsmãe disse...

Uau! Adorei a idéia. Marketeira, mas já que no nosso planeta o dinheiro é que movimenta as coisas, usá-lo por uma boa causa é louvável.

A responsabilidade pelo descarte de um produto não deve ser só da sociedade, mas também de quem o fabrica, comercializa e consome.