quinta-feira, 31 de julho de 2008

Campanha Troca-Livros


Vou ser sincera, nossa campanha troca-livros foi muito fraca. E pior, nenhum livro trocado, que eu saiba...risos

Pouquíssimas pessoas aderiram mas o importante é aderir. Eu, Renata, a Ceila e Trícia. hehehe... Aliás, quero agradecer muito à Renata e ao Murilo pelo selo, ficou lindo!
Mas eu não estou triste. A vida é assim, tem coisas que dão certo, outras não. Eu esperava uma desão maior.
Acredito que o motivo seja bem simples: apego aos livros. Eu mesma tive dificuldade em escolher mas me vesti com o manto da razão e fui sem olhar para trás. Senti como um exercício ao desapego, que aliás, é um tema que renderia mais um post.
Então, os livros todos que tive notícia que aderiram a Campanha estão ai. Quem quiser mandar mais exemplares a gente continua publicado.
Beijos enormes e obrigada a todos que incentivaram e participaram!
* CORREIO FEMININO, Clarice Lispector: eu AMO Clarice. AMO o conteúdo de seus textos, e também a forma como ela escreve. Por isso não gostei tanto desse livro, que consiste numa coletânea de textos escritos por ela, sob pseudônimos, para revistas femininas. O trabalho de elaboração de um estilo para textos desse gênero e as temáticas são bem interessantes por se tratar de Clarice, mas não parece um texto de Clarice, e foi isso que me decepcionou. Com certeza comprei o livro com uma expectativa equivocada. Os grandes méritos do livro são, pra mim, a edição (design e parte gráfica), que é linda, e o fato de tratar-se de um trabalho de pesquisa e documentação de textos jornalísticos de uma das maiores escritoras da língua portuguesa.
* MÃES QUE TRABALHAM - A LOUCURA PERFEITA, Judith Warner: comprei quando estava em licença maternidade, mas acabei decidindo prorrogá-la (rs) e estou em casa até hoje, como já contei aqui e aqui. Com isso, acabei perdendo o interesse pelo livro. Poderia até tê-lo lido, mas não o fiz, por isso não posso opinar se é bom ou não. O tema, é, no entanto, bem interessante e atual.
* AMOR É PROSA, SEXO É POESIA, Arnaldo Jabor: ganhei há muito tempo, mas nunca consegui ler. Como entretenimento até acho algumas crônicas do Jabor legais, mas simplesmente haviam outras prioridades na minha lista de leituras e esse acabou ficando a empoeirar na estante. Logo, também não posso opinar quanto à qualidade do livro.
* MILLÔR DEFINITIVO, A BÍBLIA DO CAOS, Millôr Fernandes (L&PM): comprei achando que ia adorar, mas não consegui ler inteiro. Bom pra quem gosta de aforismos ou do Millôr.
* A CRISE DOS 29, Julie Tilsner: ganhei quando fiz 29, como uma brincadeira, e acabou que nunca li, nem sei dizer porque. Talvez porque não fizesse muito sentido pra mim, talvez porque, como no caso do livro do Jabor listado acima, houvessem outras prioridades.
* SENSE AND SENSIBILITY, Jane Austen (Oxford Books, paperback): texto integral do clássico da literatura inglesa. Gosto da história, é uma típica novela do século XIX, que virou filme nos anos 1990, com Emma Thompson e Kate Winslet nos papéis das irmãs Elinor e Marianne. Pode ser interessante pra quem está estudando inglês.
_________________________
A Caixa Preta, de Amós OZ - Eu amei o livro quando li, mas não lembro muita coisa a não ser que era uma história instigante de ex-marido e ex-mulher que se reencontram...Tá bem velhinho, mas não está rabiscado.
As Armas Secretas, de Julio Cortázar - são contos deliciosos do escritor argentino que me fizeram passar bons momentos quando ainda era uma adolescente. ( está mais novinho, mas bastante rabiscado, grifado...)Cara a Cara com Marília Gabriela - da época da facu de jornalismo. Trata-se de entrevistas feitas com personalidades, as famosas bate-bolas. Não tem muitos rabiscos e foi comprado em 1994.
Postados por Ceila Santos
_____________________
O Exorcista - de William Peter Blatty. Um épico do terror, transformado em filme. Quando eu era adolescente, adorava filmes de terror (hoje, nem tanto...). E este é o meu favorito. Tão favorito que ganhei do meu irmão, já bem maltratado. Está com a capa toda colada de durex e conservada pelo milagroso filme plástico auto-adesivo. Agor dura até a eternidade....rs.... Para quem gosta do filme, recomendo, porque a gente consegue vizualizar as cenas do direitinho. Achei ótimo ver o filme antes de ler o livro. E encontrei este livro para vender, usado, por R$22,60. É um livro tão antigo e achei tão curioso e ao mesmo tempo fiquei feliz por ver pessoas vendendo livros usados.

Miz Tli Tlan (Um Mundo que Desperta) - de Trigueirinho - Muito bem conservado - Este livro fala "de uma civilização intraterrena que se encarrega da reforma genética do homem na superfície da Terra e faz parte do trabalho universal para o advento da nova raça de superfície do planeta Terra, raça que surgirá após ter sido aplicada aqui a Lei da Purificação." É um livro que eu li há muitos anos e não entrei no mérito de acreditar ou não. É mais uma forma de ver as coisas. O fato interessante é que naquela época ninguém falava em Aquecimento global, Tsunamis, etc, mas o livro relata e mostra através de desenhos a nova configuração da terra após a "purificação". Eu já ouvi falar do assunto por outras fontes e sob outros ângulos. Mas o fim é o mesmo: a Terra está mudando e grandes catástrofes varrerão os continentes, mudando-os irreversivelmente. E você, não acredita?
O Despertar das Bruxas (Julia Maya) - Este livro é de uma época que eu estava muito ligada a algumas pessoas relacionadas a isso. Inclusive, tem uma história interessante: Eu estava separada e uma grande amiga (que a vida acabou afastando sem motivo...apenas a vida é assim), que tem a idade da minha mãe e frequentava reuniões na casa do Paulo Coelho - coisa chique, bein...risos - abriu um jogo de tarô para mim. As cartas diziam várias coisas mas a mais marcante foi que a pessoa que estava marcada no meu destino eu já conhecia e era casado! Eu fiquei super intrigada porque não havia ninguém com este perfil na minha vida, ainda mais casado. Mas ela insistiu: casado, está se separando e você já conhece.Bem, talvez um ano depois, não tenho essa noção exata de tempo, reencontrei um amigo que não via há muitos anos, apresentado por meu ex-marido, e naquele momento, recém-separado.6 meses depois, casei com ele e temos 2 filhos.Yo no creo en brujas pero que las hay... las hay.... Livro em excelente estado, inclusive, está encapado com filme transparente auto-colante. Aliás, uma dica é encapar os livros com este filme, fica como novo, acho que para sempre...risos
A Morte no Nilo - Ágatha Christie - "Morte no Nilo é a história mais famosa de Agatha Christie. Ambientada no Egito, a acção vai parecendo devido às descrições baseadas em observações pessoais da autora durante sua visita ao país, um de seus preferidos. A história é baseada na personagem de Linnet Doyle, linda e saudável, viajando com o marido e outros turistas através do Nilo. Para sua desgraça, um dos viajantes é nada menos do que uma de suas melhores amigas, Jaqueline, que certa vez foi noiva de seu marido. Agatha consegue juntar personagens que aparecem na viagem como se por mera coincidência, mas obviamente elas realmente não aconteceram. Agatha consegue ligar a vida dos personagens, construindo o suspense até a Morte acontecer."Isso logicamente eu não lembrava e copiei deste site....risos...mas o livro é mais um dos meus conservados em filme plástico auto-colante. Os personagens morrem, a capa fica....risos
O Perfume - Patrick Suskind - É uma história muito estranha que gira em torno de um nariz. Isso mesmo. O personagem principal possui um olfato, digamos, super-hiper-mega apurado mas não possui cheiro próprio. Parece estranho, e é. A história gira toda em torno dessa situação paradoxal: o homem que não tem cheiro mas que cheira tudo ao extremo e que por isso é rejeitado por todos desde a infância. Mas não se enganem. esta história esquisita vendeu mais de 15 milhões de exemplares em 40 idiomas. O livro está desgastado mas "trocável".Olha um trecho interessante na contra-capa: "..."as pessoas podiam fechar os olhos diante da grandeza, do assustador, da beleza, e podiam tapar os ouvidos diante da melodia ou das palvras sedutoras. Mas não pdiam escapar ao aroma. Pois o aroma é um irmão da respiração. Com esta, ele penetra nas pessoas, elas não podem escapar-lhe caso queiram viver. e bem prá dentro delasé que vai o aroma, diretamente para o coração, distinguindo lá categoricamenteentre atração e menosprezo, nojo e prazer amor e ódio. Quem dominasse os odores dominaria o coração das pessoas."

Postado por ana cláudia bessa - email: ofuturodopresente@gmail.com
_____________________
.Inteligência Emocional e a Arte de Educar Nossos Filhos (40ª Edição) - John Gottman (857302125X) - Comprei esse livro por indicação de uma grande amiga virtual, e adorei. Fala principalmente da relação mãe-filho(pai-filho) e como educar a criança sem violência. Está super conservado, só foi lido uma vez.Resumo: "O revolucionário conceito sobre a inteligência proposto por Daniel Goleman em seu best-seller Inteligência Emocional está consolidando uma nova forma de pensar as relações humanas nesta virada de milênio. Dentre os vários questionamentos que esse livro vem suscitando, um já criou frutos. Inteligência Emocional e a Arte de Educar Nossos Filhos, de John Gottman é um livro fundamental para quem vive o difícil desafio de criar filhos em tempos de AIDS, drogas e violência desmedida.Com prefácio de Daniel Goleman, Inteligência Emocional e a Arte de Educar Nossos Filhos mostra como aplicar este conceito na educação das crianças. Sem lançar mão de complexas teorias, o psicólogo - que já havia colaborado com suas pesquisas comportamentais para o livro de Goleman - mostra como os pais podem se tornar "preparadores emocionais" e, com isso, ensinar seus filhos a serem emocionalmente inteligentes.Partindo de casos concretos, o autor revela que, muitas vezes, em virtude do stress e da correria do cotidiano, acabamos por deseducar nossos filhos, impedindo-os de vivenciar suas próprias emoções. Ao sistematizar este passo a passo através de exemplos práticos e pequenos testes, Gottman apresenta outras dimensões da relação pai/filho. "

.Diet Book Gestante - Lara Natacci Cunha (853540144X). Ganhei esse livro de presente do meu sogro quando fiquei grávida da Thais. É um livro muito bom, feito por uma nutricionista, cheio de dicas de alimentação saudável especial para gestantes. Como não sei se meus neurônios vão me deixar ter outros filhos, fica aí.Todos os aspectos nutricionais da gestante são abordados. Apresenta uma dieta balanceada saudável para a futura mãe e seu bebê e, também, para a lactante. Traz orientações de como introduzir alimentos na dieta da criança e dicas de como complementar o leite materno, ou substitui-lo, se necessário. Dados Técnicos - Editora: Mandarim ISBN: 853540144X Número de págs: 122 Acabamento: Brochura Formato: Médio
.E por último, o livro de moda mais chic dos ultimos tempos:
Chic - Um Guia Básico de Moda e Estilo - Encadernado - Kalil, Gloria ( 9788573596243 )Perdi a conta de quantas vezes recorri aos conselhos desse livro na hora de me vestir pra o trabalho, pra uma festa esporte-fino e para as muitas entrevistas de emprego. É muito bom! "Como encontrar um estilo pessoal diante das solicitações sempre renovadas da moda? Esta é a proposta de Gloria Kalil, em "Chic: Um Guia Básico de Moda e Estilo".Esta publicação constitui um roteiro seguro para se atingir um estilo pessoal que sobreviva ao efêmero da moda. Ter estilo, para a autora, envolve consciência, auto-estima e personalidade, no diálogo com os produtos da indústria cultural que tendem a padronização em série."Quem tiver interesse em trocar comigo, basta me escrever, ou comentar aqui mesmo, no blog.
______________________________
Quem se interessar por algum livro, deixe recado nos comentários ou entre em contato direto com as pessoas que o disponibilizaram.
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Grande iniciativa empresarial

Eu sempre falei por aqui que tem muitas coisas que nossos políticos poderiam fazer e já fizemos um post dando sugestões de projetos que os fariam justificar o voto que receberam.

Pois bem, esta semana, durante uma viagem a trabalho, meu marido recebeu um brinde de divulgação feito de embalagens tipo LONGA VIDA recicladas. As TetraPak.

Achei sensacional e não pude deixar de falar aqui. Fui buscar o site da TetraPak e descobri o site http://www.rotadareciclagem.com.br/ que fala um pouco sobre tudo que se refere a reciclagem da embalagem TetraPak. Processo de separação do material, produtos feitos a partir das caixas recicladas (telhas, divisórias, cabos de vassouras e etc...) e para mim, o mais importante: onde nós podemos entregar as caixas para reciclagem das mesmas.

Toda empresa deveria fazer o mesmo mas, infelizmente, a maioria somente o faria se houvessem leis que as obrigassem. E aí, entra o meu aplauso para a TetraPak. Afinal, é uma embalagem difícil de reciclar por conter vários componentes (plástico, papel e alumínio) mas que foi buscar uma forma de reverter esta dificudade antes mesmo que a legislação a obrigasse a fazer isso.

Aliás, perto da minha casa tem uma cooperativa que coleta. Embora eu não precise porque meu lixo já é coletado por uma cooperativa de reciclagem, fiquei feliz em saber.

Outra empresa que faz o mesmo, e já falamos dela aqui, é a Quintessência, uma farmácia de manipulação no Rio que disponibiliza coletores para os clientes depositarem as embalagens usadas de medicamentos para reciclagem. Através da Campanha "Estou vidrado nesta idéia". Os frascos de vidro usados para medicamentos, são entregues nas suas filiais, encaminhados para reciclagem e geram cestas básicas que são doadas a diferentes instituições carentes.

Parabéns para eles!
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

terça-feira, 29 de julho de 2008

A falta de tempo para o que realmente importa...


Uma grande e querida amiga que fiz neste mundo blogosférico, de repente, sumiu.
Eu senti sua falta inúmeras vezes mas a falta de tempo, os compromissos inadiáveis, a rotina do dia-a-dia me impediram de procurá-la e dizer isso a ela. Ou de simplesmente perguntar: está tudo bem?

Como todos nós acabamos fazendo, eu presumi que seu “sumiço” se dava ao mesmo fator que me fazia não tê-la procurado: “falta de tempo”. Pois eu estava redondamente enganada e esta amiga estava passando por uma situação muito difícil com um de seus filhos.

Não vou expor aqui o que aconteceu , principalmente porque a bravura e a coragem dessa criança, não merece, de longe que fiquemos revivendo o que passou. E também a força e a união dessa família merece que pensemos neles como os vencedores que são. O pior, graças à Deus, já passou.

Então, Sam, mesmo ainda surpresa com tudo o que aconteceu, fico feliz de saber as notícias de que tudo está caminhando bem. Que seu menino corajoso se recupera bem humorado ao lado de uma família companheira e unida e que dá a ele, comprovadamente, a base que ele necessita para superar as dificuldades da vida.

Fiquei muito triste comigo mesma por não ter ouvido meu coração as muitas vezes que senti sua ausência. Mas a distância me impede de poder lhe dar um abraço apertado e dizer que a gente deixa que coisas menos importantes nos façam negligenciar os amigos, os próximos, os vizinhos, os nossos familiares. E no final, nada disso que tanto nos ocupa, será o que levaremos.
O que levaremos serão os abraços, os sorrisos, as lágrimas compartilhadas.
Aprendi um lição que espero levar comigo para o resto da vida. Não vai ser fácil, mas é preciso tentar.

________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

algum presente...

“Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida.
A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.
Daria a capacidade de escolher novos rumos, novos caminhos.
Deixaria, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável.
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a ação.
Além da ação o cultivo à amizade.
E, quando tudo mais faltasse, deixaria um segredo:
O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída”.

Gandhi
(copiado do blog do Protógenes, ele mesmo, o delegado da PF)

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Campanha Troca-Livros

Amigos, eu deveria ter postado na quinta passada mas acabei esquecendo, confesso. Mas não se esqueçam da blogagem coletiva da campanha dia 31.
E campanha permanece para quem quiser trocar os livros ou que venha a disponibilizar mais algum no futuro. Bastar mandar para mim por e-mail anaclaudia@futurodopresente.com.br e posto aqui no blog.


Estão aí, mais dois livros para troca.





1.A Morte no Nilo - Ágatha Christie

"Morte no Nilo é a história mais famosa de Agatha Christie. Ambientada no Egito, a acção vai parecendo devido às descrições baseadas em observações pessoais da autora durante sua visita ao país, um de seus preferidos. A história é baseada na personagem de Linnet Doyle, linda e saudável, viajando com o marido e outros turistas através do Nilo. Para sua desgraça, um dos viajantes é nada menos do que uma de suas melhores amigas, Jaqueline, que certa vez foi noiva de seu marido. Agatha consegue juntar personagens que aparecem na viagem como se por mera coincidência, mas obviamente elas realmente não aconteceram. Agatha consegue ligar a vida dos personagens, construindo o suspense até a Morte acontecer."

Isso logicamente eu não lembrava e copiei deste site....risos...maso livro é mais um dos meus conservados em filme plástico auto-colante. Os personagens morrem, a capa fica....risos


2.O Perfume - Patrick Suskind

É uma história muito estranha que gira em torno de um nariz. Isso mesmo. O personagem principal possui um olfato, digamos, super-hiper-mega apurado mas não possui cheiro próprio. Parece estranho, e é. A história gira toda em torno dessa situação paradoxal: o homem que não tem cheiro mas que cheira tudo ao extremo e que por isso é rejeitado por todos desde a infância. Mas não se enganem. esta história esquisita vendeu mais de 15 milhões de exemplares em 40 idiomas. O livro está desgastado mas "trocável".

Olha um trecho interessante na contra-capa: "..."as pessoas podiam fechar os olhos diante da grandeza, do assustador, da beleza, e podiam tapar os ouvidos diante da melodia ou das palvras sedutoras. Mas não pdiam escapar ao aroma. Pois o aroma é um irmão da respiração. Com esta, ele penetra nas pessoas, elas não podem escapar-lhe caso queiram viver. e bem prá dentro delasé que vai o aroma, diretamente para o coração, distinguindo lá categoricamenteentre atração e menosprezo, nojo e prazer amor e ódio. Quem dominasse os odores dominaria o coração das pessoas."

E vejam o que eu achei consultando sobre este livro! Descobri um site chamado ...ONDE TUDO É DADO e o que está sendo pedido? Este livro! Precisar ser cadastrado para saber dados do interessado e eu, confesso de novo, ando sem tempo de me cadastrar em qualquer coisa. Mas vou tentar dar uma olhada com mais carinho neste site um dia! Merece.

Quer ver + livros para troca?
http://ofuturodopresente.blogspot.com/2008/07/campanha-troca-livros_17.html

________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Desenhos de hoje e de ontem

Meus meninos estão vidrados atualmente em dois desenhos: Pica-Pau e Carros da Disney-Pixar.

Pica-Pau é da minha época (hehehehe-hehehehe-hehehehehehehehehehehe)...risos e Carros é atualíssimo da nova tecnologia dos desenhos computadorizados. E eu adoro Carros! Prá mim, é o melhor de todos os desenhos da atualidade. A história é encantadora, educativa, comovente, envolvente e cheia de bons exemplos para a criançada. Tudo de bom ver o Relâmpago McQueen tendo seus valores totalmente mudados depois que uma situação totalmente inusitada o leva para uma pequena cidade perdida na antiga Rota 66. E o final nos brinda com o carrinho abrindo mão do campeonato de sua vida para ajudar um colega, dizendo que aprendera com um amigo que o troféu é apenas uma taça vazia! E claro, a galera levanta (uhuuuuuuu!!!)
Pronto, contei o final! Risos

Mas adultos ou não assistam, o desenho é uma delícia de ver! Diversão garantida ou seu dinheiro de volta...risos
E temos muitos outros bons exemplos dos filmes-desenhos atuais como o Toy Story e a Era do Gelo onde os amigos não se abandonam e ainda se ajudam até as últimas conseqüências. Simplesmente maravilhosos! O único desenho que não os deixei assistir novamente foi Os Sem-Floresta. Não gostei, pois o filme todo é um dos personagens principais tentando enganar os outros, incentivando o roubo, a malandragem e é tanta armação que a boa moral da história do final fica pequena. Não vale o tempo do filme. Tem coisa melhor para se ver. Como por exemplo, as muitas boas opções de desenhos do Canal Discovery Kids (que infelizmente anda sucubindo às propagandas...o que não acontecia antigamente). Mas o saldo é muito positivo, na minha opinião.

Já o Pica-Pau...

Infelizmente, mesmo me identificando demais e ficando admirada de ver meus filhos curtindo os mesmos desenhos que eu curtia, os mesmos episódios e as mesmas piadas, devo confessar que fico chateada de vê-los curtindo um desenho tão recheado de maus exemplos. O Pica-Pau é totalmente incorreto em sua conduta: preguiçoso, aproveitador, violento, desrespeitador, debochado, cruel!

E por mais que eu possa afirmar que assistir Pica-Pau não me fez ficar assim tão politicamente incorreta, podemos pensar no quanto a minha geração foi influenciada, sim, pelo Pica-Pau, Tom e Jerry e mais meia-dúzia de desenhos que não tinham a menor preocupação em educar. Foram criados exclusivamente para divertir.

Eu tenho a sensação de que a minha geração foi a geração “estragada” pela educação terceirizada, pelos alimentos prontos, pelos descartáveis. Nossos pais, a geração “estragadora” pelo marketing de massa a que foram submetidos. Deixo meus filhos assistirem o Pica-Pau porque o eles não vivem num mundo perfeito e faço meus comentários de vez em quando de forma a mostrar que eles podem gostar de assistir mas que a grande maioria das coisas que ele faz, são feias. Não devemos fazer.

E me pergunto se os tantos políticos, profissionais em geral e empresários que existem no mundo, da mesma faixa etária que eu, não foram “piorados” por essa massiva carga de maus exemplos a que fomos submetidos na infância. Uma influência aparentemente inocente mas que posso garantir aos rever seus desenhos: vivos na minha a memória como se os tivesse assistido ontem!

Por fim, fico feliz de ver que a geração dos meus filhos terá melhores exemplos na memória. Hoje em dia, temos uma preocupação maior com a questão educativa e social daquilo que é desenvolvido para crianças e isso me faz ter esperança de que o futuro será bem melhor no que se refere à boa índole dos futuros políticos, policiais, médicos, professores, cientistas e empresários do nosso planeta.
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

Belo exemplo a ser seguido !

Fico emocionada com campanhas assim, abaixo os médicos cesaristas e suas cesáreas eletivas ! Parabéns Fernanda! Não há palavras para definir o quão importante foi sua atitude e o tapa na cara de quem fala que parto de gêmeos tem que ser cesárea! Que seu exemplo seja seguido por outras famosas que possam servir de estímulo para os partos normais após cesárea, para os partos normais com circulares de cordão, para os partos domiciliares, enfim, para os partos normais! Normal é parto normal!



E tem mais: Pai não é visita, tem direito a acompanhar o parto.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Quem é animal?

Geralmente, quando nos referimos a uma pessoa e queremos depreciá-la, é comum chamarmos essa pessoa de ANIMAL. Contudo, nós seres humanos, além de sermos animais de fato, muitas vezes, somos merecedores do adjetivo depreciativo, muito mais que os animais propriamente ditos.


Provas disso prá mim são esse torneios que envolvem maus tratos a animais: Farra do Boi, Touradas, etc... E na categoria maus-tratos podemos incluir animais presos em gaiolas como os passarinhos.

Passarinho foi feito para voar, é sua natureza. Também acho lindo o canto deles e ter isso à disposição o tempo inteiro e ainda desfrutar de sua beleza, é algo realmente a se almejar. Contudo, para isso, fazemos o passarinho pagar um alto preço é que privá-lo de sua liberdade. Sendo assim, privo-me de sua companhia enjaulada para ter o privilégio de vê-lo voando.

Uma vez, uma amiga me deu um Hamster. O hamster é aquele ratinho fofo e peludo que anda naquelas gaiolas com rodinhas e fazem a alegria da criançada. Pois é...ganhei o hamster e fui comprar uma gaiola, fazer o quê? Me dava uma tristeza ver o bichinho ali preso naquelas grades que mesmo pequenas e delicadas, ainda eram grades. Ele vive pouco e depois de quase 2 anos e meio, morreu. A gaiola continua aqui mas nunca mais comprei outro para colocar nela. Não consigo. Apesar de que acho um ótimo ensaio para quem quer dar um cachorro aos filhos, um teste-drive antes de comprar um cachorro (que dá muito mais trabalho e despesa e as pessoas , sem consciência disso, acabam se arrependendo depois). Mas não sei o que é pior: manter o bicho preso, doar...ou dar porque não se adaptou. Mas isso é assunto para outro post.

Mas tudo isso, eu contei porque saiu uma notícia no jornal falando: Jovem morre durante festival de San Fermín que são aquelas corridas de touro em que os animais são molestados, maltratados e mortos pelos ANIMAIS humanos. E aí, meus amigos, eu digo: bem-feito pro moço.

E fico muito feliz quando o touro leva a melhor!
Apesar de que isso não quer dizer que ele , de fato, levou a melhor...
Leia +
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Educativos, ecológicos e reciclados


Desde que começamos a escrever aqui no blog, começamos a falar sobre tudo: violência, reciclagem, consumo consciente, educação familiar e escolar, ecologia, sustentabilidade, alimentação, saúde. E foi à medida que os debates foram acontecendo que começamos a acalentar o desejo de criar alguma coisa que unisse um pouco desses conceitos todos que discutimos no blog. Não foi fácil encontrar algo que tivesse um pouco de consumo consciente, ecologia, conscientização e educação.

E nessa busca chegamos numa malha que é feita a partir de garrafas PET recicladas. Adoramos essa novidade, afinal, uma roupa feita de plástico reciclado é sensacional. Ecologia e reciclagem! E não é que a malha pet é boa e gostosa de vestir!
Mas isso não era suficiente, queríamos mais.

Então, conseguimos encontrar gente que trabalha com comunidades carentes para confecção dessas camisetas! Uau! Responsabilidade Social! Não poderia ser melhor!

Mas ainda tivemos um desafio: o que fazer com as camisetas?
Tem tanta gente que faz camisetas por aí...gente boa que faz coisa boa!
O que seria diferente e que seria aliado a tudo o que debatemos aqui no blog? Afinal, tinha que ser assim, tinha que haver um elo porque hoje as nossas vidas precisam desse impulso: semear alguma coisa para mudar o mundo. Mesmo que isso seja idealismo demais!

Foi, aí, que tivemos a idéia de colocar estampas educativas, ecológicas ou com mensagens que levassem as pessoas à reflexão sobre o tema que mais nos importa aqui no blog: o mundo vamos deixar para os nossos filhos!

E foi assim que acaba de nascer, depois de um pouco mais de 9 meses de gestação:





(gente, eu não consigo inserir a imagem em verde e azul, sempre dá essa alteração de cor, desculpem...)

Esperamos que este objeto tão simples ajude-nos a semear em nós mesmos, nos outros pais e mães e em nossas crianças, as sementes da mudança.

Todo dia é um bom dia para começar!Sabemos que não é fácil começar. Não precisamos começar a mudar tudo de uma hora para outra, podemos começar aos poucos. Se cada um fizer a sua pequena parte, já estamos fazendo uma grande coisa para deixar um mundo melhor para nossas crianças.

Um ideal que nos move.
Estamos iniciando nossas atividades e nosso compromisso maior é com nossa ideologia em oferecer um produto que tenha um propósito educativo, conscientizador, ecológico e que nos impulsione a questionar nossas atitudes e nossos hábitos. Mas além disso também temos a preocupação em prestar um serviço de qualidade aliado a um preço justo.Queremos manter um canal direto e personalizado com cada pessoa, o que é muito importante para nós visto que nosso trabalho não é apenas comércio. Temos uma filosofia e uma ideologia que nos move e nela temos a convicção de que a sua opinião e satisfação são fundamentais para darmos continuidade a este projeto.

Esperamos que gostem e contamos com sua visita, sua opinião, sua participação !

Sempre tenho que agradecer a todos que nos ajudam e estimulam aqui no blog e sempre acho que por mais que agradeçamos, ainda é pouco.
OBRIGADA!
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

Sacolas Retornáveis






Sacola Reutilizável ou Bolsa Retornável é uma das formas simples para ajudarmos na preservação do meio-ambiente. Eles servem para substituir as sacolas plásticas de compras em supermercados, padarias, farmácias etc. Nossa bolsa é feita com tecido PET provenientes de garrafas PET trançadas com fios de algodão, assim como as camisetas. As bolsas reutilizáveis são importantes para reduzir o consumo das sacolas plásticas do supermercado que levam anos para se decompor e tanto poluem nossas cidades e nossos rios.

E a nossa bolsa ainda é dobrável e você pode carregar para onde quiser e ter sempre com você quando precisar!


http://www.futurodopresente.com.br/



Bonés de tecido reciclado

Nossos Bonés são feitos de tecido reaproveitamento de resíduo fabril, algodão e tecido PET.
O jeans à base de tecido de reaproveitamento de resíduo fabril (que é o resíduo da produção de tecido que seria descartado e agora é reaproveitado) é muito resistente e as modelagens são modernas e vestem muito bem.
Conheça nossos bonés: www.futurodopresente.com.br

Camisetas de PET

Desde que começamos a falar sobre violência, reciclagem, consumo consciente, educação familiar e escolar, ecologia, sustentabilidade, alimentação, saúde, começamos a acalentar o desejo de criar alguma coisa que unisse um pouco desses conceitos todos que discutimos no blog. E nessa busca chegamos numa malha que é feita a partir de garrafas PET recicladas e algodão. Então, veio a idéia de colocar estampas educativas, ecológicas ou com mensagens que levassem as pessoas à reflexão sobre o tema que mais nos importa no blog: o mundo vamos deixar para os nossos filhos.
E foi assim que que surgiram nossas camisetas.
Conheça o nosso site : http://www.futurodopresente.com.br/

terça-feira, 22 de julho de 2008

Merece Cadeia sem direito à fiança!

Pai joga filho de 4 meses no esgoto em Pernambuco
Criança foi jogada em um córrego após discussão entre os pais.

Bebê sofreu traumatismo craniano, está em observação e se recupera bem.
Do G1, em São Paulo, com informações do pe360graus.com entre em contato

Um homem jogou o próprio filho, um bebê de 4 meses, em um córrego com esgoto na noite desta terça-feira (8), na Região Metropolitana do Recife. Segundo informações da polícia, o homem teria jogado a criança depois de receber a recusa de sua ex-esposa em reatar o relacionamento.

O bebê sofreu traumatismo craniano leve, está em observação e se recupera bem, segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital da Restauração.

Saiba mais
» Estatuto da Criança e do Adolescente completa 18 anos

SE A GENTE "DESACATA" UMA "AUTORIDADE" É PRESO NA HORA !
PORQUE ESSES PAIS E MÃES, NÃO SÃO PRESOS NA HORA?
CRULEDADE CONTRA MENOR E INCAPAZ!

CADA DIA É UMA HISTÓRIA MAIS DEPRIMENTE DO QUE A OUTRA.
O QUE MAIS FALTA FAZEREM CONTRA AS CRIANÇAS?
VÍTIMAS DE PEDOFILIA, ATIRADAS PELA JANELA, VIOLENTADAS, TORTURADAS, JOGADAS EM LAGOAS, NO LIXO, EM BUEIROS, ABANDONADAS EMBAIXO DE RODAS DE CARRO!

CADEIA NESTES PAIS! CADEIA! SEM DIREITO À FIANÇA E JULGAMENTO EM SISTEMA FECHADO.

RAPIDINHO VAI SER MAIS VANTAGEM CONTROLAREM SUA "FÚRIA"!
RAPIDINHO VÃO PENSAR DUAS VEZES ANTES DE FAZER BARBARIDADES PARA APARECER NO JORNAL!

PORQUE MUITOS DEVEM TER ESSA MOTIVAÇÃO: 15 MINUTOS DE FAMA.

CADEIA NELES!

________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Flagras


Esse carro estava num centro comercial num bairro vizinho ao meu. Não havia a menor necessidade da pessoa parar o carro sobre a calçada. E mesmo que houvesse... Dá uma desesperança quando a gente vê esse tipo de comportamento... dá tristeza de ser carioca!

Não é má idéia...

CASA DOS POLÍTICOS

No programa do Amaury Jr., a cantora e ativista Rita Lee teve uma daquelas idéias brilhantes, dignas do seu gênio criativo.Reclamando da inutilidade de programas como o Big Brother, ela deu a seguinte sugestão: colocar todos os pré-candidatos à presidência da República trancados em uma casa, debatendo e discutindo seus respectivos programas de governo.Sem marqueteiros, sem máscaras e sem discursos ensaiados.Toda semana o público vota e elimina um.No final do programa o vencedor ganharia o cargo público máximo do país.Além de acabar com o enfadonho e repetitivo horário político, a população conheceria o verdadeiro caráter dos candidatos. A idéia não é incrivelmente boa?Se você também gostou, mande essa mensagem para os amigos e faça coro pela campanha:BBB 9 - Casa dos Políticos... JÁ!

(texto recebido pela internet-autoria não confirmada)

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Eu amo internet !


É isso.
Sou assumidamente internetóloga, internetaholic, viciada...risos...
E há muito tempo. Tinha muitos preconceitos mas quando comecei a navegar no século passado ... risos ( em 1997). Mas não larguei mais.
Na época, eu ficava um tempo mais contado, comecei navegando depois da meia-noite durante , no máximo, 1 hora. Afinal, conexão discada e o pulso telefônico eram caros. Eu comecei, cheia de medo a freqüentar a sala de bate-papo do pequeno provedor carioca do qual eu fazia parte. Lá, quando tinha 10 pessoas na sala, era uma convenção...rs
Depois de um tempo, comecei a conhecer as listas de discussão e entrei em algumas de meu interesse. Aí a coisa começou a ficar mais séria e parti para os contatos reais. Saíamos, nos encontrávamos, e fiz amigos que mantenho até hoje: dentre eles, a amiga Silvia Schiros que colabora com o blog. Mas tem outros porque também conheci pessoalmente como os amigos daquela sala de bate-papo.
Depois fui aprendendo que conseguimos um montão de informações pela internet. Mesmo antes do Google já era possível pesquisar de tudo um pouco. Agora se consegue muito de tudo! E o Orkut? Eu encontrei e fui encontrada por pessoas que não vi há mais de 20 anos que que foram extremamente marcantes na minha vida!
Depois disso, as coisas só “pioraram” com as facilidades da modernidade e três delas que quero citar aqui são: a banda larga, a câmera digital e os blogs!
Gente, banda larga é igual retrovisor elétrico de carro, depois que a gente acostuma, não quer viver sem....risos
Câmera digital é prá mim, a oitava maravilha do mundo moderno: a gente não revela fotos que não deseja, a gente pode fazer uma nova foto na hora, a gente pode enviar essa foto em formato de arquivo para quem a gente quiser, a gente pode, tirar foto! É isso gente, registrar aquele momento imperdível, aliás, qualquer momento, imperdível ou não ficou possível e posso dizer que um parte interessante de um blog perderia a graça se não pudéssemos inserir tantas imagens, como fazemos frequentemente.

E blog? Blog era algo sobre o qual eu não tinha o menor interesse . Achava falta do que fazer, perda de tempo, infantilidade. Mas que ferramenta é mais democrática e expressa com verdade a tão falada LIBERDADE DE EXPRESSÃO?
E foi por causa disso que escrevi este texto todo...
Tem gente aí criticando os blogs, alguns jornalistas se referem a nós, blogueiros, como os artistas se referem aos Big Brothers da vida. Pois prá mim, é isso aí: artista que se incomoda com BBB e jornalista que se incomoda com blogueiro precisam deixar seus preconceitos de lado e aceitar que tanto de lá, como de cá, o mundo tem lugar prá todos e "quem não tem competência, não se estabelece". Eu nunca quis ser jornalista, mas amo escrever aqui e trocar idéias com pessoas que querem trocar comigo e me ensinar. Aprendo muito todos os dias e , de quebra, faço bons amigos. Não quero nem pretendo ter cunho jornalístico, não quero ser nenhuma sumidade do mundo do jornalismo internáutico (ou seria internético). Quero escrever e falar das coisas que me afligem, espantam, admiram e que outra ferramenta nos permitiria isso com tamanha democracia? Viva os blogs!
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Campanha Troca-Livros

Olha os amigos participando da nossa campanha TROCA-LIVROS! As regras são simples: quem se interessar por livro, tenta trocar por um livro que possa interessar a outra pessoa. Os posts podem ser feitos aqui, ou no blog da pessoa, se tiver. Para contactar a pessoa, a gente sempre vai informar o link do post ou e-mail. Dia 31 de Julho a gente faz uma blogagem coletiva a respeito do tema. E isso não é o fim, a campanha continua sempre que alguém tiver livros para disponibilizar para troca!


Livros para TROCA

A Caixa Preta, de Amós OZ - Eu amei o livro quando li, mas não lembro muita coisa a não ser que era uma história instigante de ex-marido e ex-mulher que se reencontram...Tá bem velhinho, mas não está rabiscado.
As Armas Secretas, de Julio Cortázar - são contos deliciosos do escritor argentino que me fizeram passar bons momentos quando ainda era uma adolescente. ( está mais novinho, mas bastante rabiscado, grifado...)
Cara a Cara com Marília Gabriela - da época da facu de jornalismo. Trata-se de entrevistas feitas com personalidades, as famosas bate-bolas. Não tem muitos rabiscos e foi comprado em 1994.

Postado por Ceila Santos
_____________________

O Exorcista - de William Peter Blatty. Um épico do terror, transformado em filme. Quando eu era adolescente, adorava filmes de terror (hoje, nem tanto...). E este é o meu favorito. Tão favorito que ganhei do meu irmão, já bem maltratado. Está com a capa toda colada de durex e conservada pelo milagroso filme plástico auto-adesivo. Agor dura até a eternidade....rs.... Para quem gosta do filme, recomendo, porque a gente consegue vizualizar as cenas do direitinho. Achei ótimo ver o filme antes de ler o livro. E encontrei este livro para vender, usado, por R$22,60. É um livro tão antigo e achei tão curioso e ao mesmo tempo fiquei feliz por ver pessoas vendendo livros usados.




Miz Tli Tlan (Um Mundo que Desperta) - de Trigueirinho. - Muito bem conservado - Este livro fala "de uma civilização intraterrena que se encarrega da reforma genética do homem na superfície da Terra e faz parte do trabalho universal para o advento da nova raça de superfície do planeta Terra, raça que surgirá após ter sido aplicada aqui a Lei da Purificação." É um livro que eu li há muitos anos e não entrei no mérito de acreditar ou não. É mais uma forma de ver as coisas. O fato interessante é que naquela época ninguém falava em Aquecimento global, Tsunamis, etc, mas o livro relata e mostra através de desenhos a nova configuração da terra após a "purificação". Eu já ouvi falar do assunto por outras fontes e sob outros ângulos. Mas o fim é o mesmo: a Terra está mudando e grandes catástrofes varrerão os continentes, mudando-os irreversivelmente. E você, não acredita?

Postado por ana cláudia bessa - email: ofuturodopresente@gmail.com

_____________________
+ Livros na Campanha



quarta-feira, 16 de julho de 2008

A mediocridade da Justiça


Quem viveu os momentos dos notíciários naquele 28 de Dezembro de 1992? Eu tinha 20 anos e nunca vou esquecer a indignação que todos sentimos ao ver as notícias, sem conseguir acreditar no que tinha acontecido. A dor da mãe, a dor do marido, da família, dos amigos, dos fãs...

Eu, que morei no Recreio, passeio inúmeras vezes em frente ao local onde ela foi assassinada. Hoje não é mais um local ermo. E agora, tenho um motivo a mais para sempre lembrar dela: minha vizinha tem uma fisionomia que lembra demais a Daniela. Nem preciso dizer que é uma graça.

Através do blog da Denise revivi aqueles momentos e conheci o blog da Glória Perez e seu site no You Tube, onde ela menciona :

"Fiz essa página para que as pessoas tenham acesso à verdade dos autos que condenaram os assassinos de minha filha Daniella. É insuportável ver que, depois de sacrificada por dois psicopatas, minha filha continue a ser agredida pelas versões fantasiosas que ainda povoam a imaginação de alguns. 15 anos depois, os abutres que se alimentam da dor alheia continuam insaciáveis. Já existe até quem se passe por mim, para divulgar falsas entrevistas através da internet, onde apareço dizendo insanidades. É hora de botar ponto final nesse circo!Aqui você vai entender porque Guilherme de Pádua e Paula Nogueira Peixoto (ex Paula Thomaz), foram condenados pelo TRibunal do Júri por homicídio duplamente qualificado, com agravantes:
Inciso 1- motivo torpe
Inciso IV- à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso quedificulte ou torne impossível a defesa do ofendido"

Isso tudo já revolta, mas Glória ainda diz mais num post dedicado a Irmã Dorothy Stang:

"Há anos, há muitos anos, estamos lutando para tirar do nosso código penal o "protesto por novo júri", que consiste em mandar, a novo julgamento, o condenado a pena superior a 20 anos.O benefício, criado na época do império, para evitar injustiças no caso dos condenados à morte, continuou valendo, mesmo depois de a pena de morte ter sido abolida no Brasil.Resultado: seja qual for a gravidade do crime cometido, a pena máxima passou a ser, na prática, de 19 anos e 6 meses, para evitar que o desfecho do caso fosse adiado para daqui a mais 4, 5 anos!"

Gente, que Justiça medíocre é a nossa! A vida da Daniela, da Gabriela, da Dorothy, do João Hélio, da Isabella e de todos nós, custa a bagatela de 5 ou 6 anos de cadeia (quando ele cumpre!!) e ainda tem direito a apelar da sentença. É quase uma procuração do Estado dando-lhe plenos direitos a decidir quando e quem ele vai matar. Molinho pro bandido. Afinal, que maior incentivo ao crime do que a impunidade?

E nada, nada trará de volta os anos que a Daniela não viveu, os netos que a Glória não teve, os namorados que Gabriela não beijou, as brincadeiras que o João não brincou... Vidas são interrompidas, roubadas e a impunidade é a vitória dos bandidos do nosso país.

Nossa Justiça é isso aí. Nossa Justiça é um elixir para o crime, um alimento para a violência, um deboche com o cidadão. E a situação é tão grave que mesmo diante de tantas barbáries, mesmo depois de lutas tão grandiosas com pessoas tão famosas como a Glória, de outras tão engajadas como os pais da Gabriela, de organismos internacionais como os que cobraram justiça no caso da Irmã Dorothy, pouco se avança para uma reforma digna do Código Penal. Como já dizia Renato Russo: que país é esse?
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa
PS: Não menciono o assassinato do João Roberto, morto aos 3 anos de idade por policiais no Rio, porque o texto foi escrito antes disso.

Prêmio da melhor Qualidade

Ganhamos este selo da Lola do blog Consciência Coletiva e além de agradecer, nós vamos repassar para um blog que provavelmente não vai publicar este selinho mas a intenção é que vale.

É o blog do Jairo Marques , Assim como Você. Ele é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e pós-graduado em jornalismo-social pela PUC-SP. Trabalha na Folha desde 1999 e é cadeirante. Seu blog fala sobre superações, conquistas e histórias sobre deficientes e assuntos afins. Como acredito que todos nós somos deficientes em alguma coisa (respeito ao próximo, por exemplo), o nome do blog cai como uma luva e de quebra serve mesmo para todos nós ! Um blog da melhor qualidade!

terça-feira, 15 de julho de 2008

Mais um fruto

Como muitos já sabem, a vinda dos filhos mudou muito a nossa vida.
Ano passado, a morte hedionda do menino João Hélio nos levou a questionar o que fazemos para que tragédias como essa não mais aconteçam.
E não fazemos nada, essa é a verdade.

Muitos de nós, não sabemos o que fazer, nem por onde começar.

Nós também nos fazíamos este questionamento, porque o João Hélio é mais um depois da Gabriela que foi baleada do metrô na tijuca e muitos outros antes deles. E temos filho da idade da Gabriela que está começando a andar de metrô sozinho, na Tijuca!

E nós temos filhos da idade do João Roberto, que foi agora baleado (na verdade, metralhado) por policiais. Para onde estamos indo?

Com isso, criamos este blog para falar sobre o que podemos fazer para mudar o futuro que vamos deixar para nossos filhos. Filhos de todos nós. Esse blog foi uma forma que encontramos de fazer alguma coisa, pouca, mas alguma coisa.
Depois de pouco mais de 1 ano, contamos quase 100 mil visitas.
E neste tempo, continuamos achando que isso não é bastante e desde o final do ano passado, temos trabalhado intensamente para desenvolver um trabalho que unisse essas coisas importantes que discutimos no blog de forma mais palpável.

E mais um fruto está quase sendo colhido.
Estamos muito felizes e queremos compartilhar com vocês.
Logo, logo, a gente vai mostrar.

http://www.futurodopresente.com.br/


Só temos a agradecer a todos os amigos que apóiam a gente, participam do blog, que nos ligam, que mandam e-mails.
Amigos novos e antigos, todos fazem parte deste momento.
Esperamos que vocês gostem e que consigamos passar um mensagem boa para semear coisas novas para o futuro dos nossos filhos!

________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Consciência Individual

Estava assistindo ao RJ tv aqui nos Estados Unidos, e eles estavam falando sobre reciclagem, como esta atividade cria empregos no Rio de Janeiro. Este é um assunto bem interessante de se comentar aqui aonde moro, pois é um assunto que é abordado nas escolas, em casa, nas ruas ou seja é de pequeno que se ensina a consciência de se fazer a reciclagem.

Percebi também como é importante o trabalho das prefeituras em suas cidades no sentido de estar sempre treinando seus moradores a realizarem este trabalho em casa e realizar direito. Em minha cidade temos acesso no site dela todo um esquema de como é a reciclagem, quem faz, o que deve e como deve ser separado, e uma das explicações é sobre este tipo de embalagem. Como todo cidadão, existe a obrigação, mas também o direito.

Aqui temos a obrigação de separar as pilhas e baterias usadas, botijões de gás (aqui se usa muito os de tamanho pequeno nas churrasqueiras), metais, pneus, latas de óleo (óleo de automóvel) e roupas, e levá-las para a central de reciclagem da cidade. Não adianta reclamar, o serviço de recolhimento de lixo não pega. O mais interessante é que ninguém tenta colocar isto no lixo comum, pois foram educados para isto, a consciência pesa, então todos levam até lá. Claro que sempre existe o percentual de que não obedece, mas é pequeno.

Temos a obrigação de separar:
-lixo comum que inclui o de cozinha e banheiro que são biodegradáveis (acondicionado em um container especial);
-latas de alumínio, vidro, plástico (que é acondicionado em um container especial de cor verde),
papel, jornal e papelão (que deve ser acondicionado em bolsas de papel ou amarrados),
folhas, grama e plantas (acondicionados em bolsa de papel ou em um container especial),
galhos e arbustos (amarrados eu em bolsas de papel);
-Isopor, mobilia de madeira, sofás,
-Eletrodomésticos desmontados (por exemplo uma geladeira com as prateleiras e porta desmontadas do corpo);
E temos o serviço de recolhimento deste material todo, ser recolhido em dias específicos e com horário específico. Caso você coloque o item no container errado, ou o container errado no dia errado eles não serão recolhidos. Os funcionários da "Comlurb" daqui são treinados a reconhecer os materiais e obedecer a estas regras sem nunca abrir excessões.

O mais interessante disto tudo é que não é difícil se habituar a esta rotina, aliás você acaba até ficando bem chato com isto, pois se sente responsável por estar ajudando de alguma forma o planeta. É muito engraçado o que acontece comigo, várias vezes quando estou colocando o lixo nos containers fico pensando assim: "o meu lixo está indo da forma correta para o lugar certo, o meu lixo vai ser reaproveitado e em algum lúgar uma árvore, um rio, uma caverna, uma parte de alguma floresta, um animal, ou a camada de ozônio do planeta está recebendo minha ajuda". E isto te dá mais força para continuar com este trabalho de formiguinha. Várias vezes quando estou realizando este trabalho e abro por exemplo o container do lixo reciclável e encontro algo errado (o marido colocou a embalagem do café que é de papel) eu tiro e levo para o lugar certo.

Isto me lembra um comercial que ví no Brasil a muito tempo atrás (não me lembro se Gilberto Gil ou Caetrano Veloso), que falava sobre um incêndio em uma floresta e quase todos os animais estavam fugindo até que o leão viu o beija-flor indo até o rio e buscando água para jogar no fogo. Ele disse ao beija-flor que o trabalho que ele estava tendo não iria adiantar nada, então o pássaro respondeu: eu estou fazendo a minha parte. Claro que quem me conhece sabe que eu não tenho tamanho de passarinho, mas penso como ele. O planeta me deu muita coisa é minha obrigação fazer a meu dever de casa.

Não quero dizer que aonde moro é o Paraíso, longe disto, mas está em um caminho certo para o respeito à ordem e aos direitos dos outros, e suas obrigações também. Como aqui ninguém leva nada para o pessoal (um dos motivos pelo qual são considerados frios), todo mundo sabe reclamar e exigir qualquer coisa a que tem direito.

É muito importante cobrarmos das autoridades esta participação junto as comunidades, mas é cobrar mesmo. Estou dando o exemplo da cidade onde moro e claro devemos resguardar as proporções, pois não é possível comparar minha cidade, que hoje tem 26 mil habitantes com o Rio de Janeiro, mas lá existem as sub-prefeituras que também tem a obrigação de serem atuantes.

Aqui o site da prefeitura disponibiliza a agenda do prefeito, quando ele atende, o que ele faz e quando você pode falar com ele, aonde reclamar, é bem interativo. Infelizmente conheço bem o site da prefeitura do Rio que nem sempre consegue atender as nossas necessidades, mas aí vai uma dica: usar o canal da ouvidoria, eles sempre te respondem mesmo que seja para dizer que não podem fazer nada, mas pelo menos você tem informações para dar o próximo passo.
E este é nunca deixar de denunciar, reclamar e exigir.

Link da prefeitura de Paramus em New Jersey-USA
http://www.paramusborough.org/
Na foto que coloquei estão dois tipos de container que falei: são residênciais e de propriedade dos moradores (que são obrigados a comprá-los), os beges são de lixo biodegradável e o verde é de material reciclável (vidro, plástico, alumínio) .

__________________________________________________________________________________ Cristiane A. Fetter

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Ler e trocar, é só começar.

Estou passando férias no Brasil, aliás já está quase na hora de voltar para a terra do Tio Sam. Como fiquei muito tempo por aqui, resolvi colocar meu filho em uma creche-escola para que ele sociabilizasse com outras crianças e praticasse o seu inglês. Sucesso absoluto, o menino já está falando pelos cutuvelos e falando carioquexxxxxxxxxxxxxxxx.

A minha sobrinha já frequenta esta escolinha a algum tempo (se você considerar que algum tempo para ela é desde 1 ano, já que hoje ela tem 4, risos), voltando ao papo sério. Foi por este motivo que o meu menino foi para lá, além das atividades que são oferecidas.

Porque nessa idade e não acho que o curriculo escolar deva ser acadêmico, mas, divertido. Não que não deva ter alguma aprendizado, mas nada que seja imposto, tipo dever de casa, tem que ser prazeroso, pois esta primeira impressão da escola vai ficar para sempre.

Lá ele também faz natação, capoeira, "aulinhas de inglês", yoga, tudo de uma forma leve, sem compromisso. Eles também aprendem sobre história do Brasil, de uma forma bem interessante. Os professores incentivam a que os próprios alunos criem uma história sobre os assuntos que foram abordados naquele dia e depois fazem um livrinho. É muito interessante.

Mas o ponto que mais me chamou a atenção foi o fato de agora no segundo semestre ser iniciado um trabalho de incentivo a leitura. Funciona assim: A escola vai indicar um livro para cada aluno comprar, depois disso cada um vai levar o seu livro para escola devidamente identificado com o nome do proprietário. Os livros serão apresentados na turma e então começará uma rodada de troca-troca de livros.

A intenção é que além do incentivo a leitura, os alunos aprendam que devem cuidar do material dos colegas, cuidar como se fosse o deles, já que os outros estarão fazendo o mesmo.

Achei bem enriquecedor este tipo de atitude da escola, matar dois coelhos com uma cajadada só, ou até mais.

É uma pena que não ficaremos aqui tempo suficiente para aproveitar todo o aprendizado, mas acho que vale a dica para outras escolas e para os pais também.

Para quem quiser conhecer a escola é só clicar aqui - Trelelê

Cristiane A. Fetter

Belo exemplo a ser seguido !

Colin Farrell bate em carro e deixa bilhete de desculpas
Ator bate em carro parado e deixa um bilhete com pedido de desculpas e número de telefone
Quem Online

Colin Farrell deixa bilhete após bater em carro, em HollywoodO ator Colin Farrell dá exemplo de como ser civilizado. Ele bateu na traseira de um carro estacionado próximo ao hotel Chateau Marmont, em Hollywood. Como o dono do veículo não estava, em vez de ir embora e fazer de conta que nada tinha acontecido, o ator deixou um bilhete com pedidos de desculpas e o número de seu telefone. O site americano "TMZ" divulgou uma foto do carro e do bilhete escrito pelo ator. Na nota Farrell diz que tem más notícias, pede desculpas e afirma que seu seguro cobrirá o estrago. O número do celular vem logo abaixo com a assinatura do ator.

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Desabafo

Tenho estado cansada de ver jornais, seja na internet, na TV ou impresso e dar de cara com tanta violência, coisa de gente velha sensível dizem uns, mas, não sei bem se é isso.Tem gente que me chama de "desocupada" por estar preocupando com fatos ocorridos tão longe de mim afinal, estou numa cidadezinha no interior de Minas mas, sinceramente, acho que a distância é meramente geográfica.


A verdade é que doeu bem fundo essa do garotinho João Roberto como também doeu a da Isabela Nardoni, o do João Hélio e da bebezinha jogada pela mãe do 6º andar mas, acho que esta me pegou numa fase em que estou, digamos, reflexiva e filosófica (deve ser a Pedagogia).

Ao colocar meus filhotes hoje no carro, para vir trabalhar, imaginei que poderia ser os meus filhos, poderia ser o Guelzinho (ele tem 3 aninhos) e imaginei o desespero daquela mãe, meu Deus, quanta dor... E lembrei do desabafo do pai dele: Que polícia é essa e vou mais longe:

QUE POLÍCIA É ESSA, QUE ESTADO É ESSE E QUE PAÍS É ESSE!!

Analisando os "culpados, primeiramente a Polícia: por menos preparados que os soldados estivessem, prudência não é coisa que se aprende em qualquer escola, mesmo que fosse o carro dos bandidos, eles nunca poderiam ter agido de tal forma, primeiro porque a lei está aí para dar a condenação a quem infringi-la, através do Judiciário, segundo porque não se metralha um carro em uma via pública, as balar podem atingir muito mais do que os bandidos, e os cidadãos que poderiam passar no exato momento do tiroteio??

Culpado n.º 2: o Estado, uai, mas porque o Estado? O Estado é tão culpado quanto os policiais que atiraram, a partir do momento que preparam tão mal, pagam tão mal pessoas que têm profissões tão, digamos, complicada como o dos policiais, ainda mais no Rio, que está bem longe de ser uma cidade maravilhosa, os cariocas que me desculpem mas, aquilo é uma Guerra Civil constante!! E o Estado também é culpado porque recebe em seu corpo policial pessoas tão despreparadas psicológica e emocionalmente, a triagem deveria ser muito criteriosa e estes policiais deveriam ter acompanhamento psicológico constante, sendo afastado das ruas ao menor problema verificado, o que tem de gente doida, desequilibrada com arma na mão e com farda é brincadeira!
Culpado n.º 3: Nosso País, o Governo Federal que tem leis que acobertam o Estado (apesar que dei nota 10 para a Lei Seca, faltam só alguns milhares de bafômetros, Lula, não pise na bola agora) e é tão negligente quanto e tem um exército enorme paradinho nos quartéis que poderiam dar uma força (desde que tivessem acompanhamento - o mesmo que deveria ser feito com os policiais) afinal, o caso dos três garotos entreguem para serem assassinados está bem recente na memória de qualquer um...

Culpado n.º 4: Nós... Nós? Sim, pela nossa negligência com o nosso país, com o outro, com o voto... Eu, particularmente, sinto que preciso fazer algo, antes que tudo piore de vez, é um verdadeiro absurdo sermos vítimas da violência: bandidos soltos nas ruas, violência em todo lugar e enquanto isso, os cidadãos de bem fazem verdadeiras muralhas em casa, com alarmes, cercas e com toda a parafernalha tecnológica para ficar cada fez mais preso em casa...E, fico pensando, o que eu, mãe de três filhos, trabalhando fora por pura necessidade (afinal meu marido sozinho não ganha para manter o que achamos como um padrão aceitável), fazendo faculdade e sem tempo nem para cuidar de mim mesma poderia fazer?

Acho que pelo menos:

- criar vergonha na cara, transferir o meu título para minha cidade e começar a votar certo (apesar que, cá entre nós, como profissional na área de informática e tendo em vista tanta corrupção no nosso país, tenho uma ligeira desconfiança sobre a urna eletrônica, será que é computado corretamente? Será que não tem nenhuma expressão: se votar em X, compute em Y? Por que grandes potências não aderiram ainda à Urna Eletrônica? Será que isso é realmente motivo de orgulho para o nosso país?) Teorias de conspiração à parte, um bom governante é garantia, no mínimo de um Estado mais organizado);

- sei que com o meu parco salário, não tenho como extinguir a fome no meu município, o que dirá no meu país mas, será que não poderia ajudar uma família, vou começar a pensar nisso, muitas vezes, um pacote de arroz, feijão, óleo, macarrão faz a diferença pra muita gente, não posso esquecer: eu posso ser o milagre, eu posso fazer algo, você já pensou nisso??

- e as crianças desse país, abandonadas, prostituídas, usando drogas, este é o nosso futuro... nossa, o que eu poderia fazer, tenho vontade de adotar duas crianças mas, não agora, não adianta melhorar uma coisa e piorar outra, tem os meninos, tenho que começar a dar uma base boa, para serem pessoas de bem, de caráter, com uma boa educação, esse é um projeto para daqui uns 5-10 anos, pelo menos, a Dani está encaminhada, está no CEFET e, se Deus quiser, tem um bom futuro mas, não posso negligenciar os filhos que botei no mundo para ajudar outros, "desvestir um santo pra vestir outro"... acima de tudo a minha primeira missão é ser mãe.. ouvi falar que tem orfanatos aqui com projetos de pais de fim de semana, pode ser uma boa, vou investir nisso e poderia também ajudar a uma família, não é muito, mas, é melhor que nada, na sua cidade tem algo a ser feito??

- poderia também ajudar alguma escola pública em algum projeto tipo "Amigos da Escola": A Educação é base de tudo; ou, poderia ajudar algum Hospital visitando enfermos, por exemplo, muitas vezes as pessoas esperam da gente um simples gesto de carinho... é uma idéia boa, o que acham??

- Fora a utilização de pequenas outras coisas tais como: Gentileza, Paciência, Tolerância, Solidariedade, Boa Vontade, Disponibilidade...no dia a dia, sempre... Acho que pode ser um pequeno passo dado por uma pequena pessoa mas, é um passo!

Melhor que inércia... Do que ficar sentada na minha cadeira reclamando mas sem fazer nada... Acho que é fundamental todos começarem a fazer pequenos milagres, e você:

o que sente?

O que faria?

O que vocês acham de repassar este post e fazer uma discussão do assunto?

Uma corrente do bem?

Espero resposta.

________________________________________________________________________________ Jaqueline A. Silva


Leia +

Faz pensar

A amiga virtual Lola nos concedeu este selo muito legal, aliás, muuuuuito legal. Afinal, o que a gente mais quer é fazer pensar!

Obrigada!!!!

Passando o selo adiante para o blog de uma pessoa que não conheço mas que tem um conteúdo muito legal:

Tânia Defensora - Em busca de um mundo melhor

Tânia é Defensora Pública, membro do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso, da UBM (União Brasileira de Mulheres) de Mato Grosso e ABMCJ (Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica) de Mato Grosso.

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Criança Desaparecida

Não gosto nem de pensar no desespero que a família de uma criança desaparecida vive. Não consigo imaginar o sofrimento da criança, que de um momento ao outro, é separada dos pais de forma totalmente inesperada e fica na mão de estranhos, criminosos. Só gostaria de receber qualquer ajuda, vinda de qualquer lugar. Por isso, está aí a foto do Lucas e um trecho de uma matéria sobre ele.

08/07/2008 - 08h19
Pai oferece R$ 30 mil para achar filho em SP
RAQUEL ILIANO Colaboração para a Folha Ribeirão

Sem notícias do filho, que há 18 dias desapareceu em São Carlos (SP), o engenheiro da Petrobras Antônio Carlos Ratto, 57, oferece recompensa de R$ 30 mil em troca de qualquer informação que leve a polícia a encontrar Lucas Pereira, 3.

O objetivo da recompensa, segundo ele, é incentivar as pessoas que possam estar com medo de entregar o menino. "Quem estiver com o meu menino não sabe o mal que está fazendo para mim e para a minha família. A minha vida não tem sentido sem o Lucas, por isso não vou descansar um minuto até trazê-lo de volta."

O menino Lucas Pereira, 3, que desapareceu em São Carlos
Lucas desapareceu no dia 21, quando saiu para brincar na rua com o irmão, Caio Pereira, 8, no Jardim Beatriz, periferia de São Carlos (232 km da capital paulista).

As informações sobre o menino devem ser passadas para a DIG de São Carlos pelo telefone 0/xx/16/3374-1596 ou pelo Disque-Denúncia (181).

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u420173.shtml

terça-feira, 8 de julho de 2008

Eu gosto da Angélica


TV: Angélica não será protagonista de novela global
Da Redação: http://estrelando.uol.com.br/interna/interna_30271.htm

Angélica foi convidada para ser protagonista de Negócio da China, lembra? Pois bem, de acordo com a assessoria de imprensa da loira, ela não aceitou a proposta. O motivo? Não teria como conciliar o folhetim com sua vida pessoal.A mulher de Luciano Huck tomou a decisão por causa de seu filho caçula, Benício, que tem apenas sete meses. Para ela não teria como assumir esse compromisso com uma criança tão pequena em casa para cuidar.
_____________________________________
Eu gosto da Angélica.
Não a acho nenhum fenômeno, nem uma diva da beleza mas gosto dela justamente porque é normal: uma mulher bem tratada fica bonita, não tem jeito.
E ela, apesar da fama desde pouca idade, não é uma pessoa deslumbrada.
Tem fama, tem dinheiro mas como todo mundo teve uma vida de altos e baixos profissionalmente. Ficou anos a fio apresentando um game nas tardes durante a semana e mesmo assim manteve-se trabalhando sem que se veja nela o comportamento desregrado de uma grande parcela de artistas que deixam que a fama e o dinheiro comandem suas vidas de forma negativa.
Ela nunca foi pobre, vem de família de classe média e começou a carreira, se me lembro bem, ganhando um concurso no Chacrinha como a Mais Bela Estudante do Brasil. Pelo menos, eu lembro desse dia, eu estava assisitindo. (Eu era bem criança tá, gente? Minha memória é que é muito boa...hehehe)
Tem lá sua vida, sua família, não está envolvida com drogas ou vícios (normalmente fáceis de se adquirir no meio artístico). Prá mim, uma prova viva daqueles que tem uma base educacional, provavelmente, bem estruturada.
Pode ser que eu esteja enganada pois não sou grande conhecedora da vida da Angélica. Minha opinião é superficial e baseada no pouco que vejo dela. A matéria que me inspirou a escrever sobre ela é um exemplo: recusou um trabalho para ficar com o filho pequeno. Palmas prá ela pois tem muito artista que faz justamente o contrário: aceita o trabalho independente da necessidade dos seus. E vejam, não estou defendendo que ela fique em casa, porque ela já voltou a trabalhar, que eu saiba, há algum tempo. Não sei das condições de antes mas recentemente vi uma atriz dizendo que desmamou o filho aos 7 meses para poder fazer uma novela.
Pode até ser que a Angélica tenha feito a mesma coisa, não sei. Mas estou aplaudindo o que ela está fazendo agora. Até porque, nenhum de nós, faz coisas exemplares o tempo todo.
Essa outra atriz que falei, por exemplo, durante sua gravidez, engordou muito e foi amplamente criticada por isso e eu achei lindo ver aquela atriz gorda, barriguda, tomando banho de mar e curtindo seu momento sem se prender a esteriótipos. Sendo uma mulher normal, que engravida e engorda.
Então, para concluir, tem muita gente que deseja ter um filho famoso. E não é prá menos, afinal, quem não quer ver o filho ter sucesso profissional e retorno financeiro? Poucas profissões dão salários tão generosos e trabalhos com tanta rentabilidade. E por isso, é um meio tão perigoso...já que tanto dinheiro, abre portas e possibilidades, principalmente, as erradas, com muita, mas muita facilidade, mesmo. E, em caso de queda, o tombo é proporcional, principalmente, emocionalmente.
Outros acham um horror uma criança trabalhar desde cedo só pela fama. Eu, particularmente, fico com pena de ver uma criança trabalhando, mesmo que como modelo fotográfico. Mas se a criança gosta, não vejo nada demais se os pais colocarem limites. Uma vez vi uma entrevista de uma mãe de um menino que fazia fotos e comerciais e ela falou que dependendo do tamanho do trabalho, era um por mês e olhe lá porque mesmo ele gostando, ele tinha que ser criança, ou seja, brincar e estudar. É por aí, desde que haja prazer para a criança. Porém, tem muitos pais que forçam a barra e transferem para a criança a responsabilidade e o compromisso de realizaram aquilo que eles mesmos não conseguiram. E isso, claro, não pode.
Mas mesmo assim, o mais importante é ver que tendo boa base a gente pode deixar nossos filhos fazerem o que querem ou gostam. Precisamos é estar ao lado, educando, orientando e dando limites quando necessário. E voltamos à Angélica: trabalhou desde cedo e tem uma vida financeira tranquila sem estar envolvida com drogas, depressões e escândalos, tão comuns das pessoas que se deslumbram com a fama. É uma pessoa, até onde sei, bastante envolvida com sua família (sua irmã, inclusive, trabalha com ela). E ainda recusa trabalho porque tem um filho pequeno para cuidar. E olha que ela deve ter um montão de babás...
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

A visão de beleza que vendem é distorcida

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Sonoleve ou será Pesado?

Estava eu procurando, em várias lojas de móveis em colchões em Campo Grande (bairro do Rio de Janeiro) um sofá-cama de solteiro. Encontrei em muitas delas, mas a entrega não aconteceria em menos de 10 dias. Bem, eu tinha urgência, então parti para a compra de uma cama dobrável. Pequena, fácil de guardar, prática e eu poderia comprar, colocar dentro do carro e levar para casa na hora.

Ledo engano. Quando finalmente achei a tal cama em uma das lojas da rede de lojas Sonoleve (Rua Coronel Agostinho), a vendedora me fez muitas mesuras, me levou para dentro da loja e foi procurar no estoque. Após quase 10 minutos ela volta me dizendo que não tinha em estoque. Responde: tudo bem, eu levo a do mostruário.

- Ahhhhhhh, mas essa eu não posso vender.
- Como assim?
- Ela foi para o mostruário hoje e isso atrai cliente para a loja, por isso não posso vender!
- Continuei sem entender, expliquei para a vendedora. Você me faz entrar na loja, me diz que não tem estoque e que não pode me vender o mostruário. Você não quer ganhar a sua comissão ou não quer trabalhar?
- Não é nada disso, eu não trouxe você para dentro da loja, então fiz o meu trabalho!
- Como fez seu trabalho? Você além de não vender nada, por conseguinte não vai ganhar comissão, além do que o cliente não está satisfeito!

Ela continuou insistindo que tinha realizado o trabalho dela sim, mas se EU quisesse poderia TENTAR falar com o gerente de nome Alex. Fui até a tal criatura e perguntei se poderia levar a cama e o indivíduo me deu as mesmas explicações da vendedora e disse que tinha levado uma bronca da supervisora dele por ter vendido um item de mostruário na semana anterior. Argumentei que o cliente não poderia ficar insatisfeito, mas ele disse que não poderia fazer nada.

Seguiu-se então uma conversa muito, mas muito estranha. Primeiro fiquei olhando para esta criatura e pelo meu semblante provavelmente aparecia um rosto indignado, incrédulo, insatisfeito, estupefato e claro irônico, pois a partir daquele momento esta loja está cortada do meu rol de possíveis fornecedores de produtos.

O engraçado é que eu disse que a situação era tão absurda, já que TODAS as outras lojas do MUNDO, até insistem para você levar a peça do mostruário efetuando assim a venda, mesmo que apliquem um desconto, e aquela era a única que não fazia isso, e que este episódio merecia um texto especial no blog.

Quando disse isso o "cara" ficou apavorado e começou a dizer: No blog não, por favor, no blog não!

Ou ele não sabe o que isso significa ou sabe exatamente a força que este tipo de texto e ação possui. Então aqui está o meu repúdio por uma situação ridícula, que me fez perder um tempo considerável da minha vida, me fez perder tempo tentando conversar uma pessoa preparada (ou não) para vender produtos a me vender um item dele. Me senti humilhada, já que praticamente tive que implorar para comprar a mercadoria. Surreal.

Depois disso, andei uns 20 metros, entrei em outra loja, SUPERLAR e perguntei se eles possuiam a tal cama dobrável, o vendedor me informou que havia vendido a última, e adivinhem: A DO MOSTRUÁRIO!

Fiquei triste é claro, mas ele me deu uma solução para o meu problema, já que o estoque da loja ainda não havia sido reposto, ele me perguntou se eu não queria pegar a cama no depósito que ficava ali perto, além do mais a mercadoria que estava lá tinha um preço 30 reais mais barato e eu poderia parcelar em 5 vezes sem juros.

AHA!

______________________________________________________________________ Cristiane A. Fetter


Ps.: Para quem não assistiu ao Fantástico do dia 29/06, informo que a Sonoleve foi reprovada no teste de densidade de seu colchão D33, ele não tem as especificações necessárias, eu acredito então que a densidade do colchão é D171

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Aplausos !!!


Colômbia resgata Betancourt e desfere duro golpe nas Farc
Por Hugh Bronstein
BOGOTÁ, Colômbia (Reuters) - Soldados colombianos enganaram rebeldes fazendo-os libertar a franco-colombiana Ingrid Betancourt e três norte-americanos em um arriscada mas não-violenta operação realizada em uma área de mata e responsável por desferir um pesado golpe contra o mais antigo grupo insurgente da América Latina.

Segundo a Colômbia, a missão envolveu a infiltração de agentes na liderança das Farc e a ação de soldados que fingiram ser membros de um grupo de ajuda humanitária encarregado de transportar os rebeldes até o acampamento de um comandante do grupo.
____________________

Essa é uma notícia maravilhosa!
Operação arriscada mas não-violenta!
Pesado golpe nas FARC!
Operação de Inteligência!

E a libertação de Ingrid Betancourt! Mantida refém há mais de 6 anos, ex-senadora, a ex-candidata à Presidência da Colômbia, hoje com 46 anos, estava doente, debilitada e acorrentada por causa das diversas tentativas de fuga. Numa delas, passou 5 dias perdida na selva antes de ser recapturada. A pena aos fugitivos era a retirada de sua botas e tormentos à noite com cobras e tarântulas. Um companheiro-refém, escapou depois de caminhar por 17 dias na selva e falou de sua admiração pela força e lucidez de Ingrid diante de tamanho sofrimento.


A vida na selva é claustrofóbica, onde mal há penetração de raios de sol. Cosntantemente, os reféns eram transferidos de lugar para dificultar as tentativas de resgate. No trajeto, dormiam em buracos como animais. E Ingrid, tendo passado grande parte de sua vida na França, formou-se em Ciências Políticas, de onde regressou para a Colômbia após divorciar-se, no cativeiro, implorava por livros.

Uma vida interrompida.
Sua vida política foi baseada na luta contra a corrupção movida pelo dinheiro do narco-tráfico.
Deixou para trás, dois filhos (13 e 16 anos). Hoje com 19 e 22.
Seu pai faleceu, exatamente, 1 mês depois do sequestro e ela ficou sabendo através de um jornal velho, abandonado na selva.

Seus filhos viajaram países e fizeram apelos "para que os sequestros em andamento não caiam na selva do esquecimento".

Por tanta violência e barbárie, este resgate tem que ser muito, mas muito, comemorado.
E que cada dia mais golpes duros nesses bandidos sejam dados e que o Brasil também consiga não permitir que nossa crítica situação atual se transforme no mesmo quadro colombiano.
Porque é para lá que estamos indo...


fotos dos reféns tirada em 2007

Imagens do reencontro de Ingrid com sua família: http://g1.globo.com/Noticias/0,,GF60011-5602,00.html

________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa