segunda-feira, 23 de junho de 2008

Por que eu vendo coisas usadas?

Eu tenho um blog-bazar: http://anabazarana.blogspot.com/

É onde exponho as coisas que hoje não nos tem utilidade mas que possam ser de interesse de outros.

E por que eu vendo coisas usadas que poderiam muito bem ser doadas?

Pelo dinheiro? Não. Eu não vendo pelo dinheiro. Minha preocupação, única e exclusiva, é não produzir mais lixo e dar fim responsável às coisas que não preciso ou que não quero mais.

Precisamos acabar com o preconceito de usar coisas de segunda mão. Eu mesma nunca fui de comprar coisas usadas, muito menos de revender. Para mim, isso também é uma novidade.
Reusar é futuro, é ecológico , é correto.
Não jogue no lixo aquilo que não quer mais.
Se for doar, doe com responsabilidade.

Não adianta nada a gente não jogar no lixo , se a pessoa para quem doamos jogar.
E por que me desfaço até de coisas COM DEFEITO?
PORQUE TEM MUITA GENTE QUE CONSERTA, VENDE E USA. E não há nada de errado nisso, pelo contrário. Para se ter uma idéia, já vendi duas placas-mãe (aquelas de computador) com defeito para serem recondicionadas. E as pessoas que recondicionam essas placas, não enganam ninguém: vendem peças recondicionadas para pessoas que não querem ou não podem comprar equipamentos ou pças novas. Nada demais, ou há alguma dúvida que tem gente que pode gastar mais e tem gente que não pode?
Claro que tem coisas que não vendo, tem coisas que jogo no lixo, tem coisas que eu dou (aliás, muitas coisas eu dou, a maioria). Isso vai do meu senso, do meu sentimento e do meu nível de segurança de que aquilo não será jogado no lixo. Certeza, certeza, eu não posso ter, mas eu tento colaborar para evitar que meu netos cruzem com coisas que a gente tenha jogado no lixo daqui a 100 ou 200 anos. Por exemplo, tenho feito arrumações nas bagunças e tralhas que sempre guaramos e nunca usamos. Numa dessas arrumações, encontrei algumas coisas inusitadas.
A garrafa da foto -lá de cima-, certa vez, quebrou a tampa. Mandei um e-mail para o fabricante e para eu não perder a garrafa, ele gentilmente me mandou 2 tampas. Isso foi há mais de 10 anos! Só que a garrafa quebrou e como pedir a garrafa é demais...risos...estou doando as tampas para quem quiser. Uma usada e outra novinha, sem nunca ter sido usada. Tem alguém cuja tampa quebrou?

Encontrei essas 10 fitas de vídeo de uma coleção de Jornal. São fitas de vídeos que nunca mais iremos assistir, pelo simples fato de que o vídeo cassete subiu no telhado e não vamos tentar ressuscitá-lo...risos...
Estou doando para entidades assistenciais, asilos, ou qualquer lugar neste sentido, para alegrar a vida de pessoas que nem sempre tem como assistir a um filme. Nem todos os títulos são para todos os públicos, mas estou doando juntas ou separadas.
São:
U2 - Live from Boston
Quero dizer que te amo
Assassinato em primeiro grau
Corpo em Evidência
Como água para chocolate
Grande Hotel
O Piano
A Casa dos espíritos
Perdas e Danos
Surpresas do Coração
Logo, quem souber de aluma entidade a quem esses vídeos possam ser encaminhados, me escrevam: ofuturodopresente@gmail.com
E você, já revisou o que você tem em casa e que não quer mais?
E faz o que com essas coisas?
Tem um bazar? Mande o link que nós colocamos aqui!
Já tem muita gente que também vende suas coisas pela internet.
Tem gente no Orkut em comunidades voltadas para isso.
Tem gente que troca num grupo chamado Free-cycle .
Tem um outro grupo só de Coisas de Bebês.
O que são os brechós ? Nada mais do que venda de peças usadas. Mais na moda, impossível.
Por dinheiro, por modismo ou por idealismo, não importa!
O que importa é reusar.
________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

5 comentários:

Anônimo disse...

Por que você é verde!
Eu também tento exercer a maternidade ecológica, e tudo mais na vida que dá pra ser verde.
Reformo tudo o que dá pra reformar, vendo o que dá pra vender e dôo quando sei que vai ter uso.
Assim como gosto de ganhar coisas usadas, não tenho o menor preconceito...
:O)
Vai dizer que alguém te questionou sobre isso?
bjs
Pata

Ana Cláudia Bessa disse...

Oi, Pata!

Que bom te ver por aqui!
Que legal a sua visão sobre as coisas usadas.
Eu ainda vejo muita gente que vê isso com MUITO preconceito.
E a resposta é sim, fui questionada.

;0)

Por uma pessoa muito querida e fiquei muito triste com as constatações que acabei por fazer a respeito.

Você tem algum blog/site onde anuncie suas coisas? Manda prá cá.

Beijos!

Geova Costa disse...

Oi Ana
Sempre faço doações do que não quero. Procuro doar a pessoas que sei que dão valor e vão usar. Já revendi pouca coisa e de maior valor. Me sinto muito bem quando dou algo pra alguém e vejo o quanto a pessoa ficou feliz.

Ana Cláudia Bessa disse...

Geova,

digamos que já tive algumas experiências decepcionantes por simplesmente doar achando que estava agradando.

Hoje eu continuo doando mas sempre faço uma análise antes.

paola oliveira disse...

http://alfaromeo2003.blogspot.com/

Olhem este blog, o cara tá vendendo peças de um alfa romeo.

Desmache, não creio. O carro deve valer mais em pedaços do que inteiro em mal estado. Melhor do que ir pro lixo...internet tem de tudo mesmo.