segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

RECADO DA MERCEDES


LIXO DE CELULARES VALE OURO

Não pude deixar de ficar impressionada com a magnitude dos números que vi na notícia do Boletim Recicláveis.com.br, que costumo receber por e-mail.
Cada aparelho de telefone celular têm, em média, um valor de US$ 0,63 (sessenta e três centavos de dólar) em OURO, dentro do seu mecanismo. Se os aparelhos fossem todos reciclados e extraído o valioso metal, isso renderia anualmente 63 milhões de dólares apenas com o ouro, já que são descartados 100 milhões de aparelhos durante esse período.

Uma tonelada de circuitos de celulares usados tem 300 gramas de ouro, enquanto uma tonelada de minério bruto tem apenas 5 gramas em média. Isso tudo sem falar na economia de energia e água na extração.

Apesar disso, somente uma pequena parte desses aparelhos são reaproveitados e reciclados, e isso se deve à falta de informação das pessoas ou à falta de atenção a esse detalhe na hora da troca.

Hoje há caixas de coleta de aparelhos velhos em praticamente todas as lojas de celulares, e cabe a nós ter a responsabilidade de dar uma destinação correta.
Outros metais existentes nos aparelhos, podem ser tóxicos se jogados no lixo comum. Podem contribuir para a contaminação do lençol freático ou mesmo as imediações dos lixões, tornando-se um perigo à saúde pública. Esses metais também têm valor comercial quando reciclados, e também poupam a extração da matéria prima diretamente na natureza.

Leia mais no Folha Verde: http://mercedeslorenzo.multiply.com/journal/item/610

____________________________________________________________________________ Mercedes Lorenzo

4 comentários:

paola oliveira disse...

Essa do ouro é nova pra mim!
Concordo com você: devemos nos preocupar com o destino do nosso lixo, sempre!

Cristiane Fetter disse...

Ana, quando puder vai lá na sua casa de verão que tem um meme para você.

Beijocas

Reciclar sempre.

Ana Cláudia Bessa disse...

Minha amiga,

eu agora sempre me preocupo com a destinação do lixo aqui de casa. Ainda não joguei nenhum celular fora: sempre vendi ou dei e não foram muitos porque sempre uso o meu durante muito tempo e meus celulares são sempre básicos.

Me lembrei que dois ventiladores que comprei são de conserto tão caros que não compensam. o que fazer? Pensei em fazer uma arte com eles, contudo, quando usamos tinta ou cola nos plásticos, como no caso das garrafas pet, estes não podem mais ser reciclados.

Olha a gente querendo ajudar e piorando a situação...

Ana Cláudia Bessa disse...

Cris, já fui lá e adorei...rs...só preciso me inspirar!

e tempo...hehehe

Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!