quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Procura-se um advogado!

Este senhor aí da foto, conhecido como o bom velhinho, está começando novamente a freqüentar shoppings e lojas pelo mundo afora. Esse aí da foto, especificamente, é o da campanha de um shopping do Rio de Janeiro.

Me antecipando a experiência de natais anteriores neste mesmo shopping, estou a procura de um bom advogado que goste de trabalhar com direito do consumidor. Este shopping, nos últimos 3 anos, colocou um “projeto” de Papai Noel para atender as crianças. Era magrelo, baixinho, sem-graça. Afinal, um Papai Noel tão fajuto é como a estória dos 3 porquinhos contada por bezerrinhos...perde a graça. Me recusei a tirar foto das crianças com ele....rs...

Aí, vendo esse anúncio me perguntei se este Papai Noel aí da foto é o que vai estar no shopping ou essa foto é uma grandissíssima propaganda enganosa?

Acho que vou precisar de um advogado. A não ser que eles tenham aposentado o magrelo dos 3 anos anteriores ou então ele fez uma belíssima dieta de engorda.

Junto com esta causa, quero também processar as propagandas de shampoo, que notadamente nos enganam porque não há shampoo que deixe os cabelos daquele jeito sem uma boa escova!
Li numa matéria, certa vez, que não há praticamente nenhuma diferença entre as formulações de shampoos caros ou baratos. E, propaganda de shampoo é a maior enrolação, afinal os resultados prometidos não acontecem apenas lavando. As modelos fazem massagem, hidratação, escova e chapinha. Aí, sim , o cabelo fica daquele jeito que aparece no vídeo. Embora, eu esteja usando um shampoo um pouco mais caro que os do mercado, nada exorbitante mas de uma conceituada e famosa marca de cosméticos e os resultados são visivelmente diferentes do que os antigos shampoos que usei. Mas nada que pareça com os cabelos de propaganda de shampoo. E outra observação interessante é que usei outros produtos da mesma empresa e obtive o mesmo resultado. Ou seja, a sensação que dá é que a formulção pode ser melhor que as do mercado, mas não se distinguem entre os produtos da mesma marca.
Perdão: eles mudam a cor e o perfume! hehehe

Ainda teremos também as propagandas de pasta de dente que prometem dentes brancos igual azulejo de cozinha!

Ahhh! Me lembrei de um post da Denise Arcoverde fala dos cílios postiços usados nas propagandas de rímel feitas com a atriz Penélope Cruz. E aí, me pergunto: cadê o semancol da atriz que empresta sua imagem para tamanha enganação?

E para aumentar nossa busca por merecidas indenizações, ainda podemos acrescentar as lanchonetes e fast-foods com suas fotografias de sanduíches que compramos mas nunca levamos.

Enfim, estou a procura de um bom advogado.
Porque o dia que essas empresas começarem a ser processadas, passarão a respeitar mais a inteligência dos seus consumidores, seu direito a produtos de qualidade ou seu direito a propagandas mais honestas!

E ainda botar nomes como o da Penélope Cruz na lista negra da credibilidade!
Vamos fazer um blog: Celebridade sem Credibilidade?

Leia mais:
Semancol tem remédio? : http://ofuturodopresente.blogspot.com/2007/11/semancol-tem-remdio.html
__________________________________________________________________________________ Ana Cláudia Bessa

5 comentários:

Mercedes disse...

Tô contigo Ana!
O que mais tem é propaganda enganosa, a ética da publicidade parece que foi pelo ralo. E é tão comum que as pessoas nem questionam mais...

Cristiane A. Fetter disse...

Eu sempre falei assim, eu só compro aquele produto se eu ficar igualzinha a mulher que está fazendo a propaganda (as lindas é claro), ou se vier com todos os itens que eles mostram. Carrões, casões, dinheiro, etc.
Como não tem eu só compro o que eu me adapto melhor.
Se precisar entro na vaquinha do advogado, viu?
bj

Ana Cláudia Bessa disse...

Opa, estou vislumbrando uma causa coletiva?
risos...
Falando sério, isso seria sensacional!!!!

Consumidores uni-vos!!!!!

Eu até tava me lembrando que quando eu estava estudando, a gente aprendia a fazer shampoo, hidratante, muito rapidamente.
A base era sempre a mesma para cada produto. Muda uma coisinha aqui ou ali, mas nada significativo.

E eu me pergunto quanto tempo leva pro cabelo absorver os componetenes do shampoo entre o breve instante de lavar e enxaguar...

Não dá prá pensar que realmente há grande diferenças, né?
;0)

Ah... e o projeto de Papai Noel que mencionei ainda cobrava para tirar foto com ele...chegava a ser engraçado de tão patético...

Suzana disse...

Melhor de todas é a propaganda daquele creme anti-rugas - aquele que mexe no DNA da mulher! Mexe no DNA! Gente, ninguém mexe no DNA humano! Essa é a pedra filosofal da medicina moderna - mexer na estrutura do DNA do homem!
Mas tá ali, na entrada de qualquer Lojas Americanas, pra quem quiser ver...

Olá, sou a Evellyn! disse...

Ana, e pior que as propagandas são cada vez mais criativas... acabam enganando até os mais céticos!
Beijos