terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Notícias recicladas

Ultimamente estou muito otimista com relação à reciclagem.

No banco em que tenho conta, encontrei lixeiras separadas para uso de todos para papel e plásticos. Outra coisa que vi foi que os formulários e blocos de papel timbrado do banco são de papel reciclado.
No posto de gasolina perto da minha casa, tem uma para plásticos. Não vi outras.
No mercado, pequenas lixeiras, escondidas na garagem, mas já tem.

Claro que isso não é muito, mas já é alguma coisa!

E a notícia maior foi que o lixo que eu levo para o Eco-posto tem destino sustentável.

Mas você perguntaria: Ora, se você entrega no eco-ponto, nada mais óbvio.
A resposta é não.

O Eco-ponto onde eu entrego meu lixo tem os coletores onde se misturam vários materiais conforme as fotos abaixo e claro que isso me deixou em dúvida quanto à destinação do lixo que eu "achava" que estava separando.

Eu perguntei na Associação de Moradores se o lixo do coletor azul, de fato ia para separação, caso contrário, meu esforço de nada adianta e eu ainda estaria poluindo o ar para levar o lixo até lá. Eles garantiram que a empresa de limpeza tinha pessoal para separar.
Não satisfeita, liguei para a empresa e minha surpresa foi ser atendida por uma pessoa totalmente preparada para tirar minhas dúvidas.
E mais ainda:

-O lixo do coletor múltiplo vai para uma cooperativa de catadores porque existem mais de 5 tipos de papel (papel de revista, jornal, etc...), plásticos e até vidro tem que ser separado por cor. Portanto, lá eles fazem essa separação específica.

-Até tetra-pack tem encaminhamento já que tem uma indústria que faz telha com este material (olha só!). Ela não deu certeza, mas pela lembrança dela, fica em Seropédica-RJ. Tem também uma empresa que faz utensílios e porta objetos com essas caixas.

-A empresa está com um projeto, junto com a iniciativa privada para colocar bancos de praça feitos com plásticos reciclado, ao invés de bancos de madeira.

E isso já melhorou!

Depois de tudo isso, ainda descobri que tenho coleta seletiva na porta de casa uma vez por semana! Não preciso mais levar ao Eco-posto!
E melhor: nem preciso ter várias lixeiras. Basta uma com os recicláveis que são levados para uma cooperativa que separa tudo. Foi mais simples do que eu poderia imaginar: entrei no site da empresa, mandei um e-mail e eles informaram que bastava eu me cadastrar para usufruir do serviço.
Será que a sua cidade também não tem? Já procurou saber?
Eu achava que não tinha e olha aí!
Pra mim, notícias melhores do que eu poderia sonhar!
________________________________________________________________________________
Ana Cláudia Bessa

6 comentários:

Cristiane Fetter disse...

Pois é Ana, a gente tem que acreditar que as coisas também acontecem.
As pessoas tem por hábito só reclamar e não procurar. Muitas vezes nós é que criamos a necessidade para que algo aconteça.
E o mais legal é você fazer este post que alerta as pessoas que estes tipos de serviço já existem.
Adorei.
Abraços

Ceila Santos disse...

oi ana, gostei muito do seu post porque é um exemplo enorme de que é possível e preciso fazer diferente. Eu comecei a ler e me deu vontade de fazer igual a vc. Aqui, em casa, o prédio já recicla o lixo. eu preciso separá-lo, mas não entendi o risco pelo qual ainda corro de não contribuir com a reciclagem...
Bem, lendo o post comecei a pensar o quanto seria importante a gente buscar informações entre as blogueiras mães sobre reciclagem. o que cada um tá fazendo e ir divulgando as coisas boas que já acontecem em relação a isso, o que acha?
podemos pensar em algo sobre isso? q/q coisa, me grita: ceila@desabafodemae.com.br

Ana Cláudia Bessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Cláudia Bessa disse...

E Ceila, nunca é tarde para começarmos. A reciclagem é uma necessidade profunda na minha opinião porque nós produzimos uma quantidade de lixo absurda, que a Terra não dá conta de consumir. Precisamos parar de consumir ou dar um destino ao lixo que produzimos. Eu tenho tentado as duas coisas...rs...nem sempre com sucesso. Mas sigo buscando. Qualquer ajuda que você precise, me escreva, eu topo qualquer blogagem a respeito, mesmo que não seja aqui no Futuro. O que importa é difundirmos as informações, trocarmos experi~encias, os blogs são um caminho maravilhoso. Qualquer um que se disponha a ser sério, é uma ferramenta poderosa, conte comigo! Não sou expert mas adoro aprender e trocando informações a gente sempre melhora!

Ceila Santos disse...

Oi querida, a blogagem já começou...Seria legal dar continuidade aqui também convidando mais três amigas para falar da experiência, ou não, de reciclar...Amanhã coloco mais dúvidas sobre as questões que estão rolando lá...blz? bjkas e obrigada!

Ana Cláudia Bessa disse...

Coloca o link aqui!

Vou lá ver, beijos!